Um noivado se aproxima

Os peixes nadam em minhas tripas alimentando-se de suco gástrico,

Afogam as mágoas em meus rins e depois emergem na superfície de meu coração.

ENO! Não adiantou, fervilha, mas não me cura.

Os arrotos são constantes e mandinga de vó preta nenhuma espanta.

Peixes em meu estômago.

Borboletas com asas desbotadas em minha boca.

Não sei o que é pior, estar triste e pesada após uma refeição tradicional das sextas-feiras ou estar apaixonada pela mesma mulher a mais de três anos.

Acho que é um sinal.

Durante o almoço os olhos febris e perdidos dela disseram – aceito.

Diabos, como ela sabia que eu estava cogitando a ideia de pedi-la em casamento?

Peixes com polenta mole e bacon e farofa caseira em nossos estômagos.

Não é que gorfamos um noivado que se aproxima?

Há Há Há, logo eu…Um picolé de limão cítrico.

Quem diria.

Estava escrito.

Ou melhor, acabo de defecar o que tinha de acontecer.

Logo eu, Há Há Há…

Há Há Há Há Há…

5 comentários sobre “Um noivado se aproxima

Comente sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s