Eu gosto de ser mulher

Eu. Não gosto.
Eu. Não sou.
Defina, ser mulher?

Uma vez que meu reflexo não consente minha própria imagem. E eu me olho pouco, mas o suficiente para que eu veja que há algo de errado comigo. Que eu sou diferente. Que eu sou um tanto além da “dita carne”. Neste instante que a derme me reveste eu boto minha língua no céu da boca impedindo que o oxigênio transcorra para me dar mais dois goles de vida, então o que seria ser mulher uma vez que eu me saboto para morrer eternamente só?

O homem me soma, uma vez que eu somo o homem. E falando em soma, isso me remete a literatura. Ou ao menos uma soma de linhas adquiridas ao decorrer de toda nossa glória.  Mas, pensando no fato de ser mulher no ramo dos livros eu me vejo tão pequena no meio deste vasto mar. Mas, o mar não é tão grande que meus braços não dão conta de se tornarem remos, remos fortes e resistentes. Sabe, meus poucos momentos íntimos com homens foram através dos livros. De toda uma abordagem literal, vez ou outra consentida, vez ou outra não. E esses poucos homens me mastigaram e trituraram todo o ínfimo ser que eu carrego em mim, e isso é gostoso pra caralho, uma vez que todas essas introjeções formaram meu casulo uma morada mais corpulenta e quente.

Não, não virarei uma borboleta de asas longas e cores vivas, cheia de fome de flores e sede de pólen. Mas virarei algo uno, sem distinção de gênero, cor ou credo. Ao fim, serei eterna poesia que será declamada até a eternidade.

Mas ainda em solo terreno, como na condição atual de mulher, me sinto não tão fértil. Não tão folheada. Me sinto carente de irmãs. Olha que temos mais mulheres do que homens neste passageiro planeta. Mesmo assim, são poucas as que tem permissão ou melhor, direito a um papel e caneta. Vou mais além, poucas a que são permitidas a vomitar sobre si mesma, expor sua própria feminilidade, dar vazão ao seu próprio procedimento de escrita. Pois assim como a vida, o meio literário possui bolas peludas e murchas sem sustentação alguma.

Eu. Não culpo. Não descrimino. Apenas sinto. Apenas vejo. Creio fielmente que o sol é para todos. Meu sol está dia a dia a brilhar. Mas não me colocarei diante destas breves linhas e direi “eu gosto de ser mulher”. Pois mulher jamais serei porque sou poesia lírica de uma estrofe só.

15 comentários sobre “Eu gosto de ser mulher

  1. Você é foda!

    Minha crítica para com muitas expressões de arte atuais é que elas se propõem primeiramente na crítica social, antes mesmo de pensarem na expressão artística como tal.

    Você faz o inverso disso. Por isso seus escritos são belos.

    Textos vívidos, artísticos e almáticos antes de tudo. Mas que vez ou outra nos presenteia com uma ótima crítica social.

    Equilíbrio.

    É um prazer ler você!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Maria Vitória, seu texto é exuberante, femininamente forte. Dizer que a literatura pertence aos homens com a expressão “bolas peludas e murchas sem sustentação alguma” foi uma grande sacada. Um beijo. Rinaldo Saracco.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Rina, gratidão por suas palavras! Infelizmente esse pedestal da literatura ainda pertence descaradamente aos homens com suas bolas murchas, mas mulheres como eu estamos ai na luta para burlar esse sistema com textos fortes e sem mimimi hahaha

      Grande abraço e apareça por aqui sempre que seu tempo lhe permitir.
      Ótimo final de semana!

      Curtir

  3. Querida, é lindo sermos nós mesmas(os), sendo integralmente a essência que somos, o que conseguimos, com falhas, completudes e não completudes. É linda a singularidade. Nada, nem ninguém pode impor qualquer formato. Sejamos nosso eu liberto, sejamos a liberdade de existência, sem projetos pré-determinados, sem tentar atender querências, mas bem querer. Beijos e abraços cordiais. Gratidão nas leituras de meus textos.

    Curtido por 1 pessoa

Comente sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s