Desafio Literário | OSMOLOGIA DE UMA DONA DE CASA

Senti o cheiro da lua no travesseiro
Despedi do dia
Num sono profundo
Quarto invadido
Aroma de café
Sai sem querer pela porta da noite
Ainda na cozinha

Penso no meio dia
Deixo pronto alho e cebolas picadas
O vapor do refogado inebria gerações
Na sexta sonhei com goiaba
Fruta solar e marcante
Mas aqui faz muito frio

Não há goiabas

Fiz um chocolate quente
Com canela e noz moscada
Sinto a profusão do paraíso

A água sanitária acabou com meu nariz
Sorte que abri a janela
E caia chuva na terra seca
A roseira bateu palmas

As crianças voltam da escola
Falam de paqueras e têm chulé
Hormônios falam em cada fase
Continuo a sentir a essência de bebê neles

Meditar é respirar

Conscientemente
Busco o inconsciente
Pelas narinas
O cheiro do silêncio é bom
O cheiro do nada também
O cheiro é cheio e fim
No jantar teve pipoca com guaraná
Preguiça de sexta-feira
Pensando no odor impregnado nos lençóis
Fecho as cortinas
Vou para a cama
Boa noite.

PARA LER OUTROS TEXTOS DA AUTORA, CRISTILEINE LEÃO

Facebook – BlogInstagram

3 comentários sobre “Desafio Literário | OSMOLOGIA DE UMA DONA DE CASA

Deixe uma resposta para Maria Vitoria Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s