®existir | Maria Vitoria

Meus caros leitores,

Recentemente a escritora e editora, Lunna Guedes, reuniu um punhado de textos com o tema: Resistir, escrito por diversos outros tantos escritores que compõe a cena underground independente brasileira e eu, jovem mortal e a mais nova de toda leva, tive um dos meus textos de resistência postado em sua revista virtual.

Confiram a seguir…

Resisto, enquanto tenho um cano molhado de garoa pousado em minha testa. É noite. Nos bares as vidas seguem sem que olhos me notem.

Resisto, quando tenho um estômago gritando de fome e me encontro muito longe de casa, sem uma finada nota nos bolsos, apenas com uma mochila preta nas minhas costas corpudas.

Resisto, quando meu estômago embrulha ao avistar duas mulheres comendo espiga de milho do lixo entregues pelas mãos de um homem com mãos severas e sujas.

Resisto, quando os corpos se levantam quando eu me sento.

Resisto, quando entro em algum lugar e um homem/mulher, me acompanha por entre os cabides ou prateleiras.

Resisto, quando minha mãe me olha como se me odiasse ao mesmo tempo que sente uma pena mortal de mim.

Para ler o meu texto e o dos outros escritores na íntegra, basta clicar em:  ®existir | Maria Vitória — Scenarium livros artesanais

10 comentários sobre “®existir | Maria Vitoria

Comente sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s