Desafio Literário | O CHEIRO

Desafio Literário | O CHEIRO

Na nossa memória afetiva,

Na maior fossa nasal,

Toda Lembrança tem cheiro.

Um registro atemporal.

Olfatos ou fatos em fotos,

Neste álbum de recordação,

O que perfuma nossa alma,

Também exala do coração.

Cheiro de amor é música para os ouvidos.

Mãos perfumadas são as que oferecem flor.

Se não estiver cheirando bem, desconfie.

Cheiro bom é aroma. Mau cheiro é fedor.

Cheiro de choro é saudade.

Avô tem cheiro de pescaria.

Bolo de fubá lembra as avós,

Que brincavam sempre de confeitaria.

Inhaca é cheiro do menino suado.

Catinga é seu tênis no final do dia.

Cheiro de frutas tem minha infância,

Marcada por momentos de alegrias.

Cheiro de café tem meu pai que diz:

“Respeite para que seja respeitado”.

Cheiro de tempero tem minha mãe, que sempre me alerta:

“Não meta o nariz onde não é chamado”.


PARA LER OUTROS TEXTOS DO AUTOR, SANDRO ERNESTO

BlogInstagramFacebookGoogle+Twitter

 

 

2 comentários sobre “Desafio Literário | O CHEIRO

  1. Novamente obrigado pela oportunidade aqui lançada Maria Vitoria… deixo minhas reverências e minha gratidão expressadas na forma de um forte abraço! ( Ainda não fiz a postagem por motivos de configuração… aguarde-me). Beijo no coração e Parabéns pela iniciativa!

    Curtido por 1 pessoa

Comente sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s