Olhos de melancia

Os olhos dela me lembravam melancia, caroços negros molhados prontos para serem engolidos junto a saliva. No lugar dos lábios, um grande traço revestido por dentes que infelizmente pouco sorriam. A observei por mais alguns instantes, então ela virou-se de lado meio encabulada. Decidi ir embora, o sol quase se ausentara. Dei dois passos curtos e os olhos dela apontaram para mim. Realmente, os olhos dela me lembravam uma grande melancia. Nós duas sorrimos de forma conjunta, mesmo assim, eu me pus a partir para sempre.

Um comentário sobre “Olhos de melancia

  1. Muito poético. Adorei a fruta comparada docemente e ao mesmo tempo esteticamente (caroços escuros) à sua paquera/crush! Sempre leio lembrando ao fazendo referencia a alguma obra consagrada da musica ou do cinema, neste caso lembrei de Morena Tropicana!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para poeta_junio_liberato Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s