Manifesto Poético

Se tiram a educação e a cultura nosso povo se cala. Poucos são os que gritam, que se rebelam contra o sistema. E se continuarmos assim, esses gritos serão emudecidos e toda a arte será crime. Eles querem nos silenciar, querem esconder a história, querem jogar toda a sujeira para debaixo do tapete, querem nos castigar, nos prender, nos matar. E nós, o que nós queremos? 

BAIXE AQUI

Você já sentiu que sua voz deixou de ser ouvida? Neste momento, você se cala ou resiste? Nós, poetas do Manifesto Poético, decidimos, mesmo com dificuldades e cicatrizes, resistir.

O ebook Manifesto Poético é uma coletânea de vozes que não se calaram, com a marca da Editora Resistência. Lançado dia 14 de julho na Amazon (Kindle), possui 64 poemas engajados, cortantes, duros, difíceis, fluidos, amargos, esperançosos e realistas.

Estamos falando dos dias atuais que parecem o tempo de nossos pais, estamos falando da tentativa de alguns de acabarem com a educação, a cultura e de marginalizar quem nós somos.

O projeto reuniu 21 autores, a partir de um concurso literário, organizado por Alan Silva, editor da Editora Resistência e autor de Isaac, O amor está no ar, Vera Cruz e o espelho sagrado, Quem foi que disse?, Depois da meia-noite e Os bruxos de Magno Led – Solidão.

Já no seu segundo dia de publicação na Amazon, o ebook conquistou o sexto lugar nos mais vendidos na categoria de Poesia. Atrás de nomes como Rupi Kaur, Amanda Lovelace, Dante Aliguieri e Homero, o Manifesto Poético veio para propor uma reflexão sobre os rumos que estamos conduzindo – ou tentando desviar – nossa educação. Essa é a nossa voz. Esse é o nosso manifesto.

E você? Pelo que você se manifesta?

Josi Siqueira

A resenhista aqui do blog, Josi Siqueira participa da coletânea: Manifesto Poético.

E você? Pelo que você se manifesta?

Um comentário sobre “Manifesto Poético

  1. Po-éticamente tenho me manifestado contra a mineração predadora aqui de Minas Gerais; contra a exclusão da educação ainda mais acelerada; contra a criminalização da arte; contra os desmandos deste des-governo… Enfim, a poesia é meu manifesto…

    Curtido por 1 pessoa

Comente sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s