O fim dos dias amarelos?

Último dia do mês de setembro e eu aqui escrevendo de novo, após três semanas sem conseguir escrever nada!

Esse tal de setembro amarelo que só teve repercussão quando o mês se iniciava e no decorrer dos dias que passavam ninguém falou mais nada, não postou mais nada, não fez mais nada. Mas a gente tem dessas né, de louvar as datas especiais e criar coisas grandes num período bem curto de tempo e depois a gente vai deixando as coisas de lado, empurrando pra debaixo do tapete e quando vai ver, já se passou tanto tempo que não temos mais disposição para desenterrar mais nada.

Falo isso por mim mesma entende? Me lembro que no começo do mês eu estava super focada em escrever toda semana sobre minha melancolia, minha depressão e como eu tenho lidado com tudo isso ao longo dos anos e como eu consegui vencer diversas crises fudidas e períodos nebulosos, mas como sempre, os dias passaram e enterraram toda a disposição que eu tinha lá no começo do mês.

E pensar que nesse meio tempo de enterro, eu dei um longo tempo das redes sociais também, mesmo sabendo, que meu intuito era problematizar esse tal de setembro amarelo, e ajudar de alguma forma outras pessoas que estão passando pela mesma barra que eu venho enfrentando há anos.

Mas é isso, quanto mais culpada a gente se sente, mais nós vamos internalizando o fracasso pra dentro da gente e isso vai se transformando num monstro bem gigante, que mais cedo ou mais tarde, acaba te arrastando de volta pra escuridão chamada: Depressão!

Hoje faz umas três semanas que eu me afastei das redes sociais. No inicio, era só pra dar um tempinho pouco, coisa de 3 a 5 dias só pra poder colocar alguns conteúdos em ordem e poder distribuir minhas ideias de uma melhor forma. Mas quando eu dei por mim, semanas tinham se passado e sempre que eu abria alguma rede social, uma tristeza enorme e uma desmotivação tomavam conta de mim por completo.

Estou a um bom tempo pensando e repensando sobre o tipo de conteúdo que eu produzo e traçando maneiras de levar meus escritos e minhas habilidades a outro nível, porém, tudo isso é muito cansativo. Se fosse só sentar e criar conteúdo seria de boa, mas ai você tem a faculdade que está a dois meses do fim, você tem um estágio com uma pendência de 200h pra cumprir, você tem campanhas publicitárias e e-mails marketing para escrever, você tem editoriais de publicação, você tem duas revistas e mais de 200 escritores para gerir, você tem Newsletters para atualizar, você tem um blog para alimentar, você tem consultoria pra dar, você tem livros para revisar, você tem reuniões intermináveis para participar, você tem prova e seminário pra fazer e, você ainda tem um relacionamento que chegou no famoso estágio: “vamos morar juntas”?

Senhor, é coisa pra caralho pra fazer ao mesmo tempo e o maldito dia só tem 24h. Infelizmente, não dá pra fazer tudo dentro desse curto espaço de tempo, por mais que eu o fracione em mil pedaços.

Ando muito cansada, mas nem tanto fisicamente. Estou cansada psicologicamente. Meus olhos vivem lacrimejando por passar horas trabalhando em frente do computador, voltei a beber com mais frequência, voltei a dormir de madrugada novamente, tenho ido para as aulas só pra responder a chamada, porque não li um texto se quer e nem anotei uma única palavra da lousa, desde que esse último semestre começou.

E por essas e outras que eu fico me perguntando: WHAT’S GOING ON IN MY FUCKING LIFE???

A depressão ainda me visita. A ansiedade volta e meia vem me dar um Oi. Setembro chegou ao fim e ele não é mais amarelo, ele é exclusivamente cinza.

Talvez eu fique só mais alguns dias fora das redes sociais, ou talvez mais uma ou duas semanas, ou quem sabe, eu só volte ano que vem ou talvez nunca mais, sei lá… Quem é que sabe né? Eu mesma nem me importo mais!

Mas uma coisa é certa, esse tal de setembro amarelo apesar de tudo, me fez enxergar que amarelo é todo dia não importa o mês. E que sim, eu sou ainda forte como um touro, mas que eu preciso descansar mais e tirar um tempo maior pra mim pra sair por ai sem destino não pensando em nada, só observando a humanidade em silêncio, porque isso sim, é o maior ato de resistência que eu posso implementar na minha vida e meu lado literário agradece, porque afinal, tudo o que eu sou é poesia.

Se cuidem!

7 comentários sobre “O fim dos dias amarelos?

  1. Ainda bem que este setembro amarelo acabou. Fiquei sabendo porque foi escolhido o mês de setembro, pois segundo pesquisas, é no mês de setembro que mais ocorre suicídio, e ta loco, moro em cidade pequena, considerada cidade interior, e teve dois suicídios, filha de amiga de 19 anos se automedicou e se foi, outro se enforcou; outro, marido em uma festa atira pelas costas na eis mulher e após da um tiro em sua própria cabeça, a eis tinha 3 filhos pequenos com o mesmo. Vá setembro amarelo, vá e não volte mais com tantas tragédias. Que venha a primavera super verde, trazendo esperança, com muitas flores coloridas e cheirosas trazendo Paz aos corações e discernimento as mentes humanas, para que sigam o caminho do bem, somente o bem, somente o bem. Namastê.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Desculpe-me a sinceridade: e olha que eu sou daqueles bem ativistas: me parece que você tem coisa demais para fazer e tempo de menos para si… Aprenda a dizer nãos e, talvez, se sinta mais confortável…

    Curtir

    1. Rapaz gosto imenso de pessoas sinceras. Sim, concordo com você. Tenho muita coisa pra fazer mais infelizmente toda essa demanda eu não consigo dizer não porque são coisas da faculdade ou do meu trabalho. Mas esse final de semana vou tentar dar uma sumida da cidade e ir ver o mar pra tentar dar um relaxada.
      Obrigada por estar sempre presente por aqui Estevam ❤

      Curtido por 1 pessoa

Comente sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s