Escritores independentes

Escritores independentes que você deveria conhecer

Olá, leitores…

A poesia é um dos gêneros literários mais incríveis de ser lido. Eu mesma, quando estou sem inspiração para escrever ou ao menos preciso de algo que me tire de órbita, eu sempre acabo recorrendo a poesia porque só ela é capaz de me fazer transbordar no papel toda a minha essência e fazer com que minha criatividade aflore de tal maneira que tudo o que eu toco vira um poema…

E por falar em poesia, recentemente conheci a Alexandra Vieira e seu novo livro intitulado: 40 poemas. Uma obra para além do místico, que traça em linhas as mais diversas culturas, mitos e os diversos sagrados, de uma forma que busca encontrar o transcender do ser humano.

Continuar lendo “Escritores independentes que você deveria conhecer”

Chamada Aberta para recebimento de Poesia e Prosa

A Revista Garupa voltou!

Criado em 2014 no Rio de Janeiro, a garupa atua de modo independente em frentes editoriais da literatura e arte, integrado por moradores das zonas norte e oeste.

Enfrentando diariamente os obstáculos urbanos, o coletivo editorial Garupa busca dar visibilidade a autores e produtores de arte e literatura contemporâneas.

Continuar lendo “Chamada Aberta para recebimento de Poesia e Prosa”
Escritores independentes

Escritores independentes que você deveria conhecer

Olá leitores,

No mundo literário a quantidade de obras que surge a toda instante é gigante, a tal ponto que chega a ser extremamente difícil acompanhar os novos escritores que nascem a todo instante no meio de tantas opções, não é mesmo?

Por isso, quando eu me deparo com alguém novo na cena literária, eu não faço distinção a cerca do gênero literário que o escritor(a) escreve, eu apenas gosto de me sentir confortável e tocada de alguma forma quando eu conheço uma nova obra.

Continuar lendo “Escritores independentes que você deveria conhecer”

Mara Vanessa Torres na nova coletânea: Galeria Clarke da Editora Wish

Olá, escritores…

A Editora Wish publicou no inverno passado, o resultado de sua seleção criteriosa na composição de escritores selecionados para a coletânea: Galeria Clarke e uma das finalistas escolhidas foi a nossa querida colunista, Mara Vanessa Torres com seu conto: “Talismã de Carne“.

Continuar lendo “Mara Vanessa Torres na nova coletânea: Galeria Clarke da Editora Wish”

O ESPAÇO DA PRODUÇÃO FEMININA DE CORDEL NA XIII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DO CEARÁ

Por, Julie Oliveira

Para falar de cordel, é sempre importante pontuarmos um pouco sobre a sua história, suas origens, (isso talvez seja também uma das minhas manias de pedagoga), além do mais, há muitos mitos e falácias sobre esta literatura, e toda oportunidade é válida para desmistificarmos algumas questões. Bem, as origens da literatura de cordel, como se concebe hoje no Nordeste brasileiro, estão vinculadas ao romance tradicional ibérico, remontando ainda às fortes influências medievais da cultura popular de outros países europeus (França, Alemanha, Holanda e Inglaterra). Segundo Manoel Diégues Júnior (1986), “os inícios da literatura de cordel estão ligados à divulgação de histórias tradicionais, narrativas de velhas épocas, que a memória popular foi conservando e transmitindo: são os chamados romances ou novelas de cavalarias, de amor, de narrativas, de guerras, ou viagens ou conquistas marítimas”.

Continuar lendo “O ESPAÇO DA PRODUÇÃO FEMININA DE CORDEL NA XIII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DO CEARÁ”

XIII Bienal Internacional do livro do Ceará

A data já passou mais eu não poderia deixar de trazer a participação mais que especial da nossa resenhista, Josi Siqueira que participou da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará que aconteceu entre os dias 16 a 25 de agosto, com o tema: As cidades e os livros.

Josi e seu livro de crônicas e poemas: Me Acusaram de Querer Mudar, foram um dos inúmeros destaques literários da Bienal desse ano. Confiram o que esse grande evento representou para a escritora e resenhista.

Continuar lendo “XIII Bienal Internacional do livro do Ceará”
Escritores independentes

Escritores independentes que você deveria conhecer

Olá escritores,

Quem escreve sabe, que a leitura é parte primordial do nosso processo de criação literária, certo?

E por falar em leitura, recentemente eu conheci uma escritora brasileira que reside atualmente na Colômbia. Entre trocas e diálogos, Mariana Ribeiro Maia me apresentou a sua obra de estreia: Para onde vão as elefantas depois da chuva.

Continuar lendo “Escritores independentes que você deveria conhecer”

Entrevista com o escritor, Paulo Abe

Paulo Abe possui três livros publicados, sendo Sexo Sagrado finalista da Primeira Maratona Literária do Selo Carreira Literária da Editora Oito e Meio. O conto O Nome de Deus vencedor do 3º prêmio SFX de Literatura e o mais atual, Um corpo divisível, uma autoficção vencedora do Programa Nascente, da Usp.

Um corpo divisível é um conjunto de contos que representa a metáfora do tema problematizado por Paulo Abe em cada uma das narrativas, contadas ao contrário, no revés de um nascimento em que se descobre gêmeo de outro. Do locus inicial, a morte, até a chegada ao ponto de reencontro consigo e com o seu outro: o útero.

Continuar lendo “Entrevista com o escritor, Paulo Abe”