Os eBooks mais vendidos no mês de junho na Amazon

A era do tal escritor independente…

Quando se trata de ser escritor independente a autopublicação é a chave do negócio. Hoje em dia, muitos novos escritores estão optando por estrear suas carreiras literárias de forma autônoma e muitos deles optam por publicar suas obras na Amazon.

Fui dar uma pesquisada e como boa curiosa que sou, me deparei com as seguintes obras como sendo as mais vendidas no mês de junho no site.

Continuar lendo “Os eBooks mais vendidos no mês de junho na Amazon”

Livro Proibido

Atrás de um montante de apostilas escolares e amontoados de folhas velhas, que toda vez que eu as olhava me jogavam num morro gigante de lembranças infantis solitárias. Empilhadas de forma vertical, diversas apostilas utilizadas traziam o meu nome e minha série. Um dia, ao entrar no quartinho dos fundos onde toda a bagunça que minha mãe juntara por anos consecutivos de vida, avistei atrás destes zilhões de lembranças desconfortáveis um livro de páginas amarelas faltando a contra capa e uma das orelhas, o nome que restara do que já foi um livro inteiro um dia era – A queda para o alto de, Mara Herzer.

Continuar lendo “Livro Proibido”
Indicação de livros escritos por: Novos Autores

Indicação de livros escritos por: Novos Autores

Escritores/Leitores

Livros sempre são transformadores e um ótimo refúgio para sair da nossa própria realidade e embarcar num outro mundo que por nós muita das vezes é apenas utópico.

Quando se trata de literatura, sempre nos deparamos com grandes escritores famosos que são seres supremos ou então já estão mortos. Mas, e os escritores que são tão bons quanto, porém ninguém nunca ouviu falar nada sobre eles? Esses desconhecidos do mundo literário se chamam escritores independentes! Continuar lendo “Indicação de livros escritos por: Novos Autores”

LIVRETO | FOTO & POESIA

Escritores(as)!

Estou participando de um projeto construído e disseminado somente por mulheres periféricas da cidade de São Paulo. A ideia do projeto é democratizar o acesso a produção da arte, viabilizando a produção de mulheres artistas das periferias paulistanas para que seja possível retomar a função social da arte para a construção de uma sociedade menos desigual.

Diante disto, eu construí um livreto de foto & poesia para disseminar literatura em tempos tão sombrios como estes que estamos vivendo e todo dinheiro arrecadado com a venda dos livretos será utilizado para dar continuidade ao projeto Ciclos que é uma iniciativa da poeta Larissa Gonçalves para fomentar a cultura e firmar a resistência de mulheres periféricas na arte. Continuar lendo “LIVRETO | FOTO & POESIA”

O QUE EU ANDO LENDO?

CONTO
substantivo masculino
LITERATURA
narrativa breve e concisa, contendo um só conflito, uma única ação (com espaço ger. limitado a um ambiente), unidade de tempo, e número restrito de personagens.
Semana passada eu estava na pegada mais poética e bem menininha de 15 anos apaixonada e hoje a pegada é diferente. Hoje eu finalizei: Contos mais que mínimos de Heloisa Seixas. E pasmem… não são contos como estamos acostumados a encontrar por aí, são na verdade CONTOS MINÚSCULOS.

Continuar lendo “O QUE EU ANDO LENDO?”

A rua dos cataventos, de Mario Quintana

Hoje pela manhã me peguei matando uma sede seca de leitura.

 

O relógio marcava, 07:33. Um gosto de cebola revestia minha boca enquanto uma tendência a literatura erradicava meus poros recém acordados.

Antes que meu corpo se levantasse e fizesse menção de dirigir-se ao toilet para algum tipo de higienização básica matinal, o reprimi e ordenei que o mesmo voltasse para a estadia solene da cama quente e recostasse-se em travesseiros macios para começar a matar uma sede seca de leitura.

Uma das obras que comecei a ler no começo da semana e terminei hoje se chama: Se abrindo pra vida, pelo espírito Lucios e psicografado por, Zibia Gasparetto.  Continuar lendo “A rua dos cataventos, de Mario Quintana”