Observar em silêncio é melhor que dizer algo

Observar em silêncio é melhor que dizer algo – poderia ser uma das máximas da minha vida. Estou plenamente convicta que esta é uma das atitudes mais sábias que terei aprendido ao longo das minhas quatro décadas.

A verdade é que até há algum tempo eu não era nada assim. Poderia dizer que, quando era “Menina e moça”, era aquilo que em Portugal se chama de “uma rapariga sem papas na língua”. Sempre gostei de falar, de exprimir as minhas ideias, os meus pontos de vista. Sempre gostei de contar aos outros sobre aquele livro ou aquele filme que tinha visto e que era tão, mas tão bom, que tinham absolutamente de ler ou ver. E assumo que me dava um prazer enorme perceber quão persuasivo era o meu discurso, quando a pessoa me vinha falar do livro ou do filme que tinha acabado por ler/ ver por causa da minha crítica positiva. Continuar lendo “Observar em silêncio é melhor que dizer algo”

Novos Autores

O sonho comanda

“Tiago, a criança que sonhava…”

“Eles não sabem que o sonho
É uma constante da vida
Tão concreta e definida
Como outra coisa qualquer…

(…)

Eles não sabem nem sonham
Que o sonho comanda a vida
E que sempre que o homem sonha
O mundo pula e avança
Como bola colorida
Entre as mãos duma criança”

                                                Pedra Filosofal – Manuel Freire Continuar lendo “O sonho comanda”

NOVOS AUTORES

NOVOS AUTORES

Sou Negra Eu sou

Não sou moreninha da cor do pecado.
Não me rebaixo alisando meus cachos, não me moldo ao seu padrão esbranquiçado.
Sou Negra! Eu sou!
Carrego comigo a cor de uma nação.!
E não sou descendente de escravos.
Em minhas veias corre o sangue de reis e rainhas escravizados.
Sou Negra! Eu sou! Continuar lendo “NOVOS AUTORES”

NOVOS AUTORES

A minha cor é a ameaça

A viatura já estava quase me ultrapassando… Eu estava dirigindo meu carro devagar, tranquilo, escutando um Rap. Quatro PMs e só um me notou. Justamente o irmão da minha cor e imediatamente fui parado, abordado, revistado e questionado porque estava num carro daquele e nem é zero. O meu carro, comprado com o suor da minha labuta diária.

Nestas minhas 4 décadas de vida, aprendi a não responder quando alguém só quer um motivo, aprendi a sobreviver quando todas as estatísticas me colocam como morto: preto, pobre, morador da periferia. Mas estou aqui. Continuar lendo “NOVOS AUTORES”

NOVOS AUTORES

Olá, Escritores!

A velha rotina retorna e agora 80% recuperada posso andar pelas ruas observando a humanidade, alias, meu hobby preferido. Nas andanças de ontem pelo bairro Liberdade, eu pude claramente ver o porque eu escrevo, e porque isso é tão importante para mim. Escrever é mais do que prática ou como alguns gostam de denominar, “um dom“. Vai um pouco mais além, pra mim o ato de escrever se tornou uma ótima válvula de escape para tudo o que me atormenta ou me magoa. Ultimamente, o que mais vem me magoando é observar a humanidade e reparar como as pessoas andam em passos de formiga, carregando peso invisível em seus ombros, com os olhos extremamente cabisbaixos e tristes, as desigualdades sociais, a política, a falta de respeito e afeto e a necessidade da tecnologia nas mãos ao invés de livros físicos para contemplar.

Por falar em tecnologia e coisas tristes, como vocês preferem fazer uma leitura: Através de um celular, tablet, kindle e etc… Ou vocês preferem o bom e velho livro e a textura das páginas?

Sendo assim, as autoras desta semana são: Continuar lendo “NOVOS AUTORES”

NOVOS AUTORES

Olá, Escritores!

E esse inverno fora de época que estamos vivendo recentemente? A única coisa agradável a se fazer em dias como esse é tomar um conhaque com mel e se debruçar sobre algumas leituras atrasadas. Ontem mesmo peguei mais três livrinhos para poder ler no trajeto casa-faculdade que infelizmente se iniciara semana que vem.

Porém, apesar da velha rotina e do universo meio fora de ordem, é gostoso acordar pela manhã e ver sua caixa de e-mails cheia com material quentinho de novos autores. Nada melhor para esses dias frios, não é mesmo?

Sendo assim, essa semana é a mulherada que comanda aqui. As autoras são:  Continuar lendo “NOVOS AUTORES”

NOVOS AUTORES

Olá, Escritores!

Quem nunca pensou em desistir da escrita? Quem nunca se sentiu frustrado ao publicar seus textos e não receber nenhum retorno ou ao menos um pouco de compaixão? Quem nunca começou do zero o mesmo projeto literário várias e várias vezes de forma consecutiva? Pois bem, eu escrevo desde meus sete anos de idade e penso em desistir da escrita até hoje, mas, toda vez que eu penso em parar com tudo e gastar meu tempo com algo que me traga algum retorno, algumas pessoas que me seguem, aliás, eu odeio o termo “seguidor”, me fazem lembrar que há algo em mim que as tocam de uma forma mortífera e voraz e que eu não posso simplesmente acabar com tudo como se as palavras que eu escrevesse não tivessem um significado para alguém, mesmo do outro lado do mundo.

Ora pois, já fazem duas semanas que eu venho seguindo uma rotina, (eu odeio rotinas). Não a sigo de forma impecável mas todo santo dia ao acordar eu me obrigo a passar por uma bateria de leituras no Medium, no WordPress, em grupos de literatura no Facebook, além de caçar livros aleatórios nas prateleiras da biblioteca aqui perto de casa e me ponho a pensar: FODA-SE O RETORNO… ESCREVER É A MINHA VIDA, É PARTE DO QUE EU SOU, E SE ISSO MORRER, EU ESTAREI ANIQUILADA PARA SEMPRE. 

Sendo assim, os autores desta semana são: Continuar lendo “NOVOS AUTORES”

NOVOS AUTORES

Olá, Escritores!

Maluco, como esse lance de ler e escrever é doido… Você lê uma poesia aleatória num livro recém ganhado do seu autor preferido e PÁÁÁ, sua sede por literatura jorra de uma fonte infinita e você acorda todo santo dia um pouco menos bêbada e sai devorando uns textos aleatórios em várias plataformas diferentes e conhece um monte de escritores novos e bons até umas horas e você passa de 3 a 4 horas na cama com seu barrigão pra cima apontado pro teto, apenas intercalando entre um texto e outro. E você começa a escrever e a criar coisas e sua memória voa longe e pousa em vinte anos atrás na primeira garota que partiu seu coração infantil e uffa… Sobre essa história triste eu conto outra hora pra vocês. Sem mais mimimi…

Os autores desta semana são:

Continuar lendo “NOVOS AUTORES”

NOVOS AUTORES

Olá, Escritores!

Acabo de voltar para casa após ficar alguns dias em leitos hospitalares. É gozado a forma como a vida se torna frágil e amedrontadora quando tudo o que você tem a sua frente é soro que pinga em suas veias e gritos de senhoras que possuem 80% do corpo quebrado. Ao menos eu tinha um novo livro para ler: Sobre o Amor, Bukowski . Um ótimo livro que me levou a crer que ainda há esperanças na vida, no amor e principalmente nas novidades literárias.

Sendo assim, os autores desta semana são:

Continuar lendo “NOVOS AUTORES”