#Sextou

Respira. Respira. Respira. O ar preso na garganta. Chuva. Chuva. Chuva. A boca não não é beijada. Suor. Suor. Suor. Mãos chafurdam o lixo. Come. Come. Come. Gastando dinheiro em balas de goma. Sono. Sono. Sono. Livros aos montes para serem lidos. Ar. Eu preciso de ar. E também preciso destravar a garganta para continuar seguindo. Continuar lendo #Sextou

As guerras que travamos sem necessidade

Os lábios beijados no canto da boca se tornam um oficio da conquista manipuladora. Os olhos são mísseis que obrigam você a entregar a guerra. Às vezes estamos diante da terceira guerra mundial, brincando com a barricada de proteção das propriedades alheias.
Continuar lendo “As guerras que travamos sem necessidade”