Saci Pererê: Contos Aterrorizantes de, Rodrigo Picon

Domingo, hora do almoço.

A barriga vazia, o mal estar do corpo, a cama convidativa, a companhia ao lado…

Tudo pedia por uma leitura de contos. Abri então o Kindle, folheei pela tela, busquei por novidades…

Continuar lendo “Saci Pererê: Contos Aterrorizantes de, Rodrigo Picon”

Cordões de Celofane, de Paulo Sá

O relógio aproximava-se das quinze horas, o sol ia alto, as crianças pulavam em volta da quadra, os carros e os ônibus passavam… resolvi me sentar, retirei um pequeno livro da mochila, o depositei sobre a mesa da praça, dei um gole na vodka que eu trazia comigo e abri, por fim, no trecho deste poema:

Continuar lendo “Cordões de Celofane, de Paulo Sá”

Quase tudo em cinco envelopes, de Lúcio Pessôa

Era noite. Trazia eu, um semblante cansado e convalescido. O dia havia sido cheio e turbulento quando então, resolvi dar um tempo para um respiro e abrir as páginas do livro de Lúcio Pessôa em: Quase tudo em cinco envelopes.

Continuar lendo “Quase tudo em cinco envelopes, de Lúcio Pessôa”

Asas de sangue, de Rodrick Marsmoon

Pela resenhista, Josiane Siqueira

Uma antiga profecia, que prevê o Apocalipse, está para acontecer. Alianças precisam ser feitas para a guerra do bem contra o mal. Criativas mitológicas se unem neste Universo que data os dias atuais, em nosso mundo que enfrentará uma batalha final.

Se você procura por livros com muita ação, Asas de Sangue, de Rodrick MarsMoon, é uma boa pedida. Nele você encontrará lutas entre vampiros e demônios, lobisomens, anjos, nephilins e cupidos, lutas entre aqueles que se uniram aos Céus contra os que se uniram ao Inferno.

Continuar lendo “Asas de sangue, de Rodrick Marsmoon”
Gabyanna Negra & Gorda, de Gabriela Rocha

Gabyanna Negra & Gorda, de Gabriela Rocha

Era a primeira vez em meses que eu tirava o dia de folga só para mim. Me permitir ficar até depois do meio-dia na cama a folhear páginas e a transcorrer por histórias que eu nunca pude escrever. Ao escolher Gabriela Rocha, para saciar minha fome de leitura, eu não imaginava que me olharia diferente após o termino de um livro escrito por uma mulher negra.

Continuar lendo “Gabyanna Negra & Gorda, de Gabriela Rocha”
Alda Santos

Quando não estou em mim, de Alda Santos

A semana havia sido agitada, meu cérebro trazia uma sobrecarga psíquica enorme, o corpo doía como se tivesse sido castigado, eu andava descrente de tudo, a única coisa que eu tinha certeza era de que havia uma pilha de poemas novos para ler…

Cada poema de, Alda Santos é como uma espécie de viagem que fazemos para dentro de nós e desejamos nunca mais voltar para a superfície da realidade. A autora consegue proporcionar através de poemas e prosas poéticas, um contato diferente com o universo.

Continuar lendo “Quando não estou em mim, de Alda Santos”
Vipassana, de Mara Romaro

Vipassana, de Mara Romaro

Era tarde, porém ainda era dia. Sol a pino, ruas a fervilhar em mares de corpos frescos e sedentos. Peguei o elevador, subi até o décimo primeiro andar, sentei-me em frente à piscina, retirei os sapatos dos pés, os molhei de forma rápida, retirei Vipassana da mochila, olhei novamente para os arredores de mim, deite-me com as costas coladas ao chão, olhei para o sol, me entreguei à leitura.

Continuar lendo “Vipassana, de Mara Romaro”

Resenha | A garçonete e o publicitário

Título: A garçonete e o publicitário
Autor: Angelo Asson

IMPRÓPRIO PARA MENORES

Eu trazia uma pequena porção de dor no útero quando decidi encostar minha coluna de forma meio torta nos assentos que ficam acima dos trilhos, rumo a localização: São Joaquim. Eram 16:24 quando toquei na expessura do pequeno livreto de, Angelo Asson.

Impróprio para menores com destaque em tipografia em branco com um fundo vermelho. Um belo destaque. Pensei que seria legal sentir um comichão no interior das calças enquanto os trilhos aos meus pés se difundiam. Continuar lendo “Resenha | A garçonete e o publicitário”