ESTANTE VIRTUAL

Eu Fragmentada são crônicas autobiográficas, são realidades que me consomem as entranhas e que possuem a necessidades de serem vomitadas para fora de uma forma quente, fétida e torrencial. Fragmentada é tudo o que eu sou. É a história nunca contada por detrás do meu silêncio. É a passagem crucial contida no camuflar do meu sorriso. Todos os textos contidos aqui é um emaranho de: sentimentos, depressão, sexualidade, feminilidade e a falta dela, solidão, relacionamento, lesbianidade, racismo, resistência, maternidade, coração partido, perdão, álcool, drogas e uma grande porção de insegurança.