Eu, mulher, existo e resisto!

Coletânea de escritoras

Ao longo dos anos, tivemos uma grande parcela de invisibilidade ao qual ainda carregamos a margem dos tempos atuais, seja no mercado de trabalho, seja no relacionamento, seja no núcleo familiar, seja na cultura, educação e principalmente, na literatura.

Mediante a esta invisibilidade e a palavra: Mulher, ser pouco discutida hoje em dia, tornando-se assim, uma premissa pejorativa e violada. Pensando nisso, decidi reúnir uma gama de mulheres escritoras para escrever a partir do tema: EU, MULHER, EXISTO E RESISTO!

Continuar lendo “Coletânea de escritoras”