Meu corpo nu e o espelho em frente a cama

Coloquei um espelho grande em frente a minha cama no ano passado. Já fazem quase um ano que ele está ali, parado, estático, me medindo. Minha escrivaninha, da qual utilizo como local de trabalho e criação de projetos, fica quase em frente ao espelho. Quando me sento pela manhã para trabalhar, é possível avistar uma parte do meu corpo nele. Poucas foram as vezes nesses quase doze meses em que eu parei para me olhar de fato.

Continuar lendo “Meu corpo nu e o espelho em frente a cama”

Um jato quente nos pequenos lábios

O corpo pousado em frente ao espelho, nu. As pernas abertas com as duas mãos em seu sexo carnudo. Os dedos firmes e grossos tocavam de forma apressada os pequenos lábios. As coxas eram grossas e meio flácidas, mas isso não a impedia de tocar em seu próprio sexo enquanto se olhava de pernas abertas, nua, por completo, em frente a seu novo espelho intacto. Seu rosto trazia a expressão de dor. Continuar lendo “Um jato quente nos pequenos lábios”