NOVOS AUTORES

Olá, Escritores!

Maluco, como esse lance de ler e escrever é doido… Você lê uma poesia aleatória num livro recém ganhado do seu autor preferido e PÁÁÁ, sua sede por literatura jorra de uma fonte infinita e você acorda todo santo dia um pouco menos bêbada e sai devorando uns textos aleatórios em várias plataformas diferentes e conhece um monte de escritores novos e bons até umas horas e você passa de 3 a 4 horas na cama com seu barrigão pra cima apontado pro teto, apenas intercalando entre um texto e outro. E você começa a escrever e a criar coisas e sua memória voa longe e pousa em vinte anos atrás na primeira garota que partiu seu coração infantil e uffa… Sobre essa história triste eu conto outra hora pra vocês. Sem mais mimimi…

Os autores desta semana são:

Continuar lendo “NOVOS AUTORES”

Dia de Reblogagem

Você me conhece?

Estive lendo tantas coisas por aí… Acabo de terminar de ler uma bíblia intitulada: Numa Fria, do Deus: Bukowski. Isso me fez pensar, me fez sentir uma novidade, me trouxe uma paz leve e esperança nos escritores de hoje e de amanhã.

Tenho tropeçado por aí… mesmo sem muito tempo, tentando absorver o máximo a essência da escrita, tentando ao máximo descobrir o quão bom alguém desconhecido pode ser.

Sendo assim, as indicações da semana são: Continuar lendo “Dia de Reblogagem”

Dia de Reblogagem

Você me conhece?

 

As palavras tem poder. O escritor pode ser deus ou pode ser o diabo. Uma frase tem o poder de mudar uma vida. Um livro pode te fazer chorar e se sentir destruído, mas em hipótese alguma você pode morrer sem ter transitado pelo vale do conhecimento literário.

Existem textos bons, textos ruins e textos meia boca. Há quem diga que é escritor, sem de fato “ser”. Há quem escreve livros de autoajuda. Há quem escreva livros infantis. E, ainda existem os que escrevem com alma, dor e sofrimento. Esses são os que eu mais amo. Esses são os que eu venero. E parte do que eu sou é cinza e a outra é carne crua.

Sendo assim, as indicações de novos escritores desta semana são:

Continuar lendo “Dia de Reblogagem”

Dia de Reblogagem

Você me conhece?

Um dia a gente se perde num livro, outro numa frase, outro numa imagem, outro num poema, outro num romance e por ai vai… Quando nos damos por nós, estamos sem rumo ou acabamos de encontrar o maior dos tesouros: “O conhecimento.”

Essa semana eu encontrei algumas joias preciosas que se lapidaram e valem uma grande fortuna, basta olhá-las da maneira certa.

Os tesouros da semana são:

Continuar lendo “Dia de Reblogagem”

Dia de Reblogagem

Você me conhece?

Hora estamos entediados e frustrados. Hora estamos depressivos. Hora estamos de coração partido. Hora estamos sorrindo perante a um novo dia que nasce.

Como não sorrir, perante a um dia ensolarado como o de hoje e ser grata pela concepção de uma nova oportunidade ao encontro de novas leituras maravilhosas que acabei me deparando por ai?

Sendo assim, os textos incriveis desta semana são:

 

Continuar lendo “Dia de Reblogagem”

Dia de Reblogagem

Você me conhece?

Hora nos perdemos em linhas vazias, e tentamos buscar a todo tempo uma inspiração para preencher a branquitude de linhas rasas e sem expressão. Vez ou outra nos flagelamos por não conseguirmos criar um texto que contenha mais do que uma palavra, e quase choramos ao pensar: – Eu não vou conseguir…

Nesses entraves de falta criativa eu não me martirizo mais, simplesmente deixo com que minha habilidade de criação escorra ralo a baixo e fique adormecida no esgoto, até o momento que ela achar digno sair de sua própria fossa e voltar novamente para a claridade das minhas ideias.

Assim sendo, nessas precárias faltas de criação eu me pego vasculhando toda a mágica de um belo texto de escritores desconhecidos e me surpreendo com os retalhos tão bem costurados de outros como eu, e penso comigo: – Não estou a sós.

 

E os indicados desta semana são:

Continuar lendo “Dia de Reblogagem”

Dia de Reblogagem

Você me conhece?

Quantas vezes postamos aquele baita texto, cheio de riqueza e lindamente bem estruturado e soltamos ele pelo mundo na esperança de atingirmos os corações alheios? Ou quantas vezes mostramos nossas obras de arte para algum conhecido ou familiar e ninguém dá bola ou entende nossa essência?  Continuar lendo “Dia de Reblogagem”

Ratona de Biblioteca

Um vinho, uns livros.
Hoje fui visitar a Biblioteca, Monteiro Lobato, que fica localizada no centro de São Paulo, especificamente: Rua. Gal Jardim, 485 – Vila Buarque, São Paulo.

IMG_6664
Imagem retirada da internet

A Biblioteca Infantil Municipal foi criada em 14 de abril de 1936, como parte de um amplo projeto de incentivo à cultura, elaborado por um grupo de intelectuais liderado por Mário de Andrade, então diretor do Departamento Municipal de Cultura. É a mais antiga biblioteca infantil em funcionamento no Brasil e precursora de outras similares, tanto no município como no interior do estado de São Paulo. Em 1955, a biblioteca passou a denominar-se Monteiro Lobato em homenagem ao escritor que tanto encanta crianças, jovens e adultos.

O local traz forte referência as obras do escritor, Monteiro Lobato, além de possuir uma pequena exposição com raridades da trajetória do mesmo.

Continuar lendo “Ratona de Biblioteca”

Filmes da Madrugada

Quarta-feira, 03:45 da madrugada.

O corpo cansado, fadigado pelo dia exaustivo do cotidiano. Aula maçante na faculdade, horas a fio no transporte público, uma fome que dilacera a alma e a expectativa de dormir solenemente após um dia cansativo.

Esse era o plano. Esse era meu maior sonho da vida. Mas não, absolutamente NÃO!

Nessa madruga eu assisti três filmes aleatórios no Netflix, imaginando eu que logo após o início do primeiro eu teria a grande sorte de capotar num sono profundo e despertar só hoje pela manhã, ‘’sonho meu’’. O primeiro passou, o segundo veio, e o terceiro rodou e incrivelmente eu ainda estava pilhada. Senhor… dai-me sono eterno.

E os indicados a insônia de 2017 são:

Continuar lendo “Filmes da Madrugada”