8 curiosidades sobre minha vida literária

Todo escritor carrega consigo alguns segredos não tão secretos assim. Dentre esses segredos, existem manias camufladas em nossos hábitos ao qual trazemos conosco em cada linha da qual insistimos em criar. Dito isso, aqui estão 8 curiosidades sobre minha vida literária que eu nunca contei pra ninguém – até agora!

Continuar lendo “8 curiosidades sobre minha vida literária”

Como escolho os livros que leio

Para finalizar o maratone-se deste mês de outubro, os livros que eu escolho para ler depende muito do meu estado de espírito e da minha disposição pra leitura. Há dias que eu faço questão de ler algo grande e robusto, livros de trezentas páginas adiante, outros dias eu sinto imensa vontade de ler algo fino e gostoso, coisas menores como poesia. Existem certos períodos que eu encaixo minhas leituras de acordo com o gênero literário que eu esteja escrevendo. Quando estou muito na fissura de ler, vou até a biblioteca da faculdade e pego de três a quatro livros diferentes, porém, fielmente, sempre pego no minimo duas obras sobre psicologia.   Continuar lendo “Como escolho os livros que leio”

Minhas manias literárias

Bancos que escorregam e gente que passa apressada. Quente ou frio, é preciso ingerir algo que encharque o cérebro. Cérebro, se flutua com fumaça a mim melhor produzo. Às vezes produzo muito, coisa de oito poemas para oito garotas diferentes.

Continuar lendo “Minhas manias literárias”

Desafio Literário | O que a vida fez de mim?

Último dia de Desafio Literário e na boa? Que DESAFIO! Recebi inúmeros trabalhos de pessoas muito articuladas e muito boas. Papai, como foi difícil escolher somente 10 autores. A cada nova linha que eu iniciava eu conseguia me projetar para além de mim, aposto que todos os leitores do desafio sentiram algo a mais ao ler cada novo autor.

Quando se trata de literatura o assunto fica sério. A coisa fica doida e a experiência a uma nova leitura é sempre um orgasmo sem preliminar. Falando em orgasmo, estou aqui me colocando a pensar nos escritos da Fernanda Abreu… O blog dela foi um puta achado, e mais do que isso, aposto que daqui a algum tempo escreveremos um livro juntas de tanto que trocamos e-mails com textão gigante sobre as nossas tão diversas realidades.

Continuar lendo “Desafio Literário | O que a vida fez de mim?”

Desafio Literário | O que a vida fez de mim?

Como essa coisa de leitura é interessante de se apropriar… Claro, há dias que os olhos querem saltar para fora dos glóbulos e a cabeça vira um eterno balão movido a gás hélio, mas é sempre uma boa entrada e um excelente prato principal degustar letra por letra até formar um zilhão de coisas novas na mente que tanto fervilha na constância das coisas imagináveis da vida.

Apesar dos pesares tudo vem, tudo passa e Apollo traça uma linha tênue sobre as enormes voltas que a existência nos faz embarcar.  Continuar lendo “Desafio Literário | O que a vida fez de mim?”

Desafio Literário | O que a vida fez de mim?

Crônicas são mares que habitam de forma passional no cotidiano das pessoas que escrevem. Eu geralmente aprendo coisas demais ao me deparar com o relógio quase marcando meia noite enquanto eu ainda estou sentada nos bancos escorregadios do metrô da linha amarela, observando a humanidade e seus glóbulos de besouro correndo rumo a alguma coisa sem asas o suficiente para alçar voos maiores.

Por falar em crônica, hoje a Emma me fez lembrar do porque eu ainda escrevo, me fez lembrar das cores cinzas que meus olhos avistam a cidade mesmo num dia repleto de céu azul e sol amarelado. Ao me deparar com “evolução“, pude resgatar toda minha literatura mesmo ela estando cansada de escrever sobre as tintas de um muro invisível. Continuar lendo “Desafio Literário | O que a vida fez de mim?”

Símbolo feminino e lágrimas salgadas

Alguma coisa faz penicar os olhos de uma garota a minha frente. Talvez um cílios desprendido, ou quem sabe um teco de poeira urbana.

A garota tinha um broche com dois símbolos femininos em sua camiseta do Che Guevara e um pequeno corte sutil em um dos braços. Observei seus trejeitos em fração de segundos e voltei para minha leitura. Vez ou outra os olhos pinicavam e as mãos iam de encontro aos olhos. Continuar lendo “Símbolo feminino e lágrimas salgadas”

NOVOS AUTORES

Olá, Escritores!

E esse inverno fora de época que estamos vivendo recentemente? A única coisa agradável a se fazer em dias como esse é tomar um conhaque com mel e se debruçar sobre algumas leituras atrasadas. Ontem mesmo peguei mais três livrinhos para poder ler no trajeto casa-faculdade que infelizmente se iniciara semana que vem.

Porém, apesar da velha rotina e do universo meio fora de ordem, é gostoso acordar pela manhã e ver sua caixa de e-mails cheia com material quentinho de novos autores. Nada melhor para esses dias frios, não é mesmo?

Sendo assim, essa semana é a mulherada que comanda aqui. As autoras são:  Continuar lendo “NOVOS AUTORES”

OFICINA DE INICIAÇÃO À DRAMATURGIA

Olá, Escritores!

Como bem sabem a vida de escritor é bem mais do que apenas se sentar de modo confortável e escrever páginas e páginas como se fosse a coisa mais fácil do mundo. Quem dera se assim o fosse. É mais do que apenas escrever, é aprimorar todos as habilidades que já trazemos conosco e transformá-las em algo maior. Concordam?

Sendo assim, trago aqui para vocês uma forma de aprimorar a vossas escritas através de uma oficina de escrita dramatúrgica. A quem não goste do estilo, mas nessas oficinas você sempre descobre que o estilo é só um detalhe.  Continuar lendo “OFICINA DE INICIAÇÃO À DRAMATURGIA”

NOVOS AUTORES

Olá, Escritores!

Acabo de voltar para casa após ficar alguns dias em leitos hospitalares. É gozado a forma como a vida se torna frágil e amedrontadora quando tudo o que você tem a sua frente é soro que pinga em suas veias e gritos de senhoras que possuem 80% do corpo quebrado. Ao menos eu tinha um novo livro para ler: Sobre o Amor, Bukowski . Um ótimo livro que me levou a crer que ainda há esperanças na vida, no amor e principalmente nas novidades literárias.

Sendo assim, os autores desta semana são:

Continuar lendo “NOVOS AUTORES”