6 poemas de, Bárbara Seidel

Agora de hoje em diante serei abrigo constante do meu próprio ser me espero em pódio de chegada e no girar da fechadura me abrigo me visto em minha pele me caibo me escondo e me acho. Sou casa destinatário e remetente ausente e presente desprovido de disfarces sou cada pedra no caminho às vezes em desalinho testando novos encaixes. Vejo um caminho de formigas … Continuar lendo 6 poemas de, Bárbara Seidel

Fragmentos acinzentados

Minhas pálpebras descamam. Desço as escadas rolantes, com as duas mãos no bolso, ouvindo rap e esboçando sorrisos tímidos. Me peguei não prendendo mais o ar diante de olhos que me observavam. Era eu, sozinha rumo ao solo da terra, enquanto a minha direita, uma manada de corpos com dezenas de olhos, rolavam sobre mim. Eu, não mais sentia tanto peso e pesar.Mesmo com dezenas … Continuar lendo Fragmentos acinzentados

Novos Autores, Liliana Ripardo

Transcendência, por Liliana Ripardo

Quando pequena me ensinaram que não deveria permitir ninguém me tocar de forma estranha, em locais inapropriados. Disseram-me que depois de uns anos eu sangraria todo mês como lembrete sobre ser mulher, mais que o “lembrete mensal” não é sinal de franqueza e sim de poder.

Continuar lendo “Transcendência, por Liliana Ripardo”
Alda Santos

Quando não estou em mim, de Alda Santos

A semana havia sido agitada, meu cérebro trazia uma sobrecarga psíquica enorme, o corpo doía como se tivesse sido castigado, eu andava descrente de tudo, a única coisa que eu tinha certeza era de que havia uma pilha de poemas novos para ler…

Cada poema de, Alda Santos é como uma espécie de viagem que fazemos para dentro de nós e desejamos nunca mais voltar para a superfície da realidade. A autora consegue proporcionar através de poemas e prosas poéticas, um contato diferente com o universo.

Continuar lendo “Quando não estou em mim, de Alda Santos”