Magnetismo minimalista e inusual

“I Could Live in Hope”, debut dos norte-americanos do Low, encanta por seu desapego ao convencionalismo.

Pela colunista: Mara Vanessa Torres

Há músicas que são viciantes. Você dorme e acorda e elas estão lá, grudadas na sua mente como cola super bonder. “I Could Live in Hope” (1994), álbum de estreia da banda de indie rock Low, exerce esse fascínio há 25 anos. 

Continuar lendo “Magnetismo minimalista e inusual”

O velho sábio da estação de trem de, Edson H. Baeta

Pela resenhista, Josi Siqueira

Na ficção temos encontrado frequentemente a história de pessoas que precisam de ensinamentos e direções sobre a vida para se transformarem em pessoas melhores, o que é comumente um reflexo da realidade.

Continuar lendo “O velho sábio da estação de trem de, Edson H. Baeta”

Saci Pererê: Contos Aterrorizantes de, Rodrigo Picon

Domingo, hora do almoço.

A barriga vazia, o mal estar do corpo, a cama convidativa, a companhia ao lado…

Tudo pedia por uma leitura de contos. Abri então o Kindle, folheei pela tela, busquei por novidades…

Continuar lendo “Saci Pererê: Contos Aterrorizantes de, Rodrigo Picon”

Cordões de Celofane, de Paulo Sá

O relógio aproximava-se das quinze horas, o sol ia alto, as crianças pulavam em volta da quadra, os carros e os ônibus passavam… resolvi me sentar, retirei um pequeno livro da mochila, o depositei sobre a mesa da praça, dei um gole na vodka que eu trazia comigo e abri, por fim, no trecho deste poema:

Continuar lendo “Cordões de Celofane, de Paulo Sá”

Bedfellows

Olá, pessoas!

Nem só de livros vive um escritor. Às vezes um filme cai bem e ainda de quebra, ajuda a explorar a criatividade e aguça nossa memória para a criação de novas histórias.

Por falar em filme, nossa colunista Mara Vanessa nos trás sua impressão sobre o filme: Bedfellows, escrito e dirigido por, Drew Daywalt.

Continuar lendo “Bedfellows”

Asas de sangue, de Rodrick Marsmoon

Pela resenhista, Josiane Siqueira

Uma antiga profecia, que prevê o Apocalipse, está para acontecer. Alianças precisam ser feitas para a guerra do bem contra o mal. Criativas mitológicas se unem neste Universo que data os dias atuais, em nosso mundo que enfrentará uma batalha final.

Se você procura por livros com muita ação, Asas de Sangue, de Rodrick MarsMoon, é uma boa pedida. Nele você encontrará lutas entre vampiros e demônios, lobisomens, anjos, nephilins e cupidos, lutas entre aqueles que se uniram aos Céus contra os que se uniram ao Inferno.

Continuar lendo “Asas de sangue, de Rodrick Marsmoon”
Alda Santos

Quando não estou em mim, de Alda Santos

A semana havia sido agitada, meu cérebro trazia uma sobrecarga psíquica enorme, o corpo doía como se tivesse sido castigado, eu andava descrente de tudo, a única coisa que eu tinha certeza era de que havia uma pilha de poemas novos para ler…

Cada poema de, Alda Santos é como uma espécie de viagem que fazemos para dentro de nós e desejamos nunca mais voltar para a superfície da realidade. A autora consegue proporcionar através de poemas e prosas poéticas, um contato diferente com o universo.

Continuar lendo “Quando não estou em mim, de Alda Santos”