6 poemas de, Bárbara Seidel

Agora de hoje em diante serei abrigo constante do meu próprio ser me espero em pódio de chegada e no girar da fechadura me abrigo me visto em minha pele me caibo me escondo e me acho. Sou casa destinatário e remetente ausente e presente desprovido de disfarces sou cada pedra no caminho às vezes em desalinho testando novos encaixes. Vejo um caminho de formigas … Continuar lendo 6 poemas de, Bárbara Seidel

4 poemas de, Mônica Barbosa

Poros, substância e chamado

Sou toda feita de poros, abertos, entreabertos…

Que sente os cheiros que me circundam em todas as dimensões do meu ser.

O valor e sentimento do olhar que me afaga, a vibração da dança, o suor que vem de mim e o do outro.

Sou toda expansão… transbordamento… poros… povos… chão… pele… bicho… mata ardente, efervescente, intenso de tons, profundezas e peixes.

Continuar lendo “4 poemas de, Mônica Barbosa”
Mara Vanessa Torres

O SOL DOS NOTÍVAGOS

Em uma hora como essa, não há mais ninguém perambulando pelas ruas. Ou quase ninguém. No final da rua, arrastando as folhas secas das árvores recém-aniquiladas com os pés, dois amigos dividem uma garrafa de suco de laranja. Ao contrário do que toda gente pensa, eles são apenas amigos. O primeiro contato se deu há mais de vinte anos, por meio da caixa de correspondência destinada aos contatos interessados no fanzine “December Moon”. Nada demais, apenas um grupo de entusiastas de histórias em quadrinhos de terror. Dentre todos os membros, eles dois acabaram trocando endereço pelos inúmeros gostos em comum.

Continuar lendo “O SOL DOS NOTÍVAGOS”
Maria Vitoria Francisca

PROJETO FOTOGRÁFICO 6 ON 6 | MEUS LIVROS

Livros, um punhado de palavras escritas em folhas brancas, vezes amarelas, vezes qualquer outra característica.

No 6 on 6 desse mês de maio, resolvi fotografar, 3 livros meus, escritos entre meados de 2016 a 2019 e 3 livros que recebi de escritores independentes que conheci, através do blog. Pensando aqui comigo nesse lance de escrever livros, publicar, ser lida, ganhar dinheiro e essas coisas, em toda minha vida eu nunca tive aptidão pra esse estilo de vida. Publicar um livro é legal e tudo mais, mas eu sempre preferir escrever coisas, sobre diversas coisas e se um dia acontecesse de juntar tudo num único espaço, com linhas e métricas diagramadas tudo bem, caso contrário, tudo bem também.

Acho que a escrita e eu somos mais do que um punhado de palavras em folhas que outras pessoas perpassam os olhos, tanto de forma curiosa, quanto de forma presunçosa, quanto de forma insignificante. A escrita e eu temos outro tipo de relação. É como Deus e o Diabo na terra do sol e sobreviva quem for mais forte.

Continuar lendo “PROJETO FOTOGRÁFICO 6 ON 6 | MEUS LIVROS”